Olá amigas, estou aqui passando para voces um pouco mais de conhecimento.
Sou uma apaixonada por minha profissão e fiz este Blog com muito carinho e dedicação !

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Cefaléia e Enxaqueca

A Cefaléia é uma das queixas que mais frequentemente os médicos ouvem na prática de consultório e de ambulatório. Os pacientes procuram o especialista em razão de cefaléias crônicas ou recorrentes, que não melhoram ou que ocorrem por meses ou anos.




Enxaqueca ou  Cefaléia

Enxaqueca : A dor típica da enxaqueca é pulsatil, latejante, forte, só de um lado da cabeça. A luz e o barulho incomodam, o paciente apresenta náuseas, às vezes vômito, e a dor piora com exercício físico ou atividades rotineiras.


 Cefaléia tensional : A dor é de moderada a fraca intensidade, não lateja, é uma dor em peso ou aperto, ocorre em um dos lados da cabeça e não provoca náuseas ou vômitos. O barulho e a luz não incomodam.



Hormônios  X  Cefaléias

O Estrogênio e a Progesterona  são muito relacionados com  a dor de cabeça. A enxaqueca na mulher é influenciada por diversas mudanças hormonais ao longo da vida, tais como menarca, menstruação, uso de contraceptivos orais, gravidez, puepério, menopausa e Terapia Hormonal.

As crises de enxaqueca estão ligadas ao período menstrual em 60% das vezes, e em 14% dos casos ocorrem exclusivamente nesse período. enxaquecas pré- menstruais podem fazer parte sa síndrome pré- menstrual e atingem um terço das pacientes com enxaqueca.



Enxaqueca menstrual 

A verdadeira enxaqueca menstrual é composta por crises que ocorrem apenas entre dois dias antes da menstruação, e em menhum outro dia fora desse período. Nesse critério mais restrito, encontra-se apenas 7% das pessoas com enxaqueca.
O tratamento é a base e anti-inflamatórios, e outros medicamenstos para tirar da crise, porém devem ser usados de 5 a 7 dias antes da menstruação.
Medicamentos profiláticos como antidepressivos e anticonculsivantes, normalmente são usados no tratamento preventivo, mas também podem ser adminstrados durante todo o ciclo menstrual.



Climatério

Quando a reposição de estrogênio é indicada nesse período, pode ocasionar piora da cefaléia. É a chamada "cefaléia da reposição hormonal ". Medidas como redução da dose do estrogênio, geralmente são eficazes contra essa dor de cabeça.


Contraceptivos orais

Os contraceptivos podem induzir, aliviar ou modificar o tipo de cefaleia. Os contraceptivos orais de 3ª gestação apresntam baixo risco de incidência de cefaléia. No entanto o risco de acidente vascular cerebral deve ser considerado, especialmente em mulheres tabagistas, com enxaqueca, com hipertensão e outros fatores favorecedores de trombose.


Tratamento preventivo

Neuromoduladores são também conhecidos como anticonvulsivantes, medicamentos de nova geração, excelentes para o tratamento preventivo da enxaqueca.O primeiro a ser usado foi o ácido valproico, porém apresenta alguns efeitos colaterais como tremores, enjoos e aumento e peso..


Novos tratamentos das enxaquecas

O topiramato é uma droga que vem senso usada com certa eficácia e vantagem sobre as outras, pois pode induzir à perda de peso, fazendo com que haja boa adesão ao tratamento, principalmente por parte das mulheres.

O topiramato  usado por pacientes que usam contraceptivos orais , pode ter sua eficacia contraceptiva reduzida, mesmo na ausência do sangramento de escape.

Como a dor de de cabeça é um distúrbio neurológico  frequente e com maior impacto na qualidade da vida dos pacientes, é necessário que se faça um tratamnento preventivo com seu Médico, para que haja uma proposta adequada para  cada pessoa , de forma individualizada .

Escrito por Drª Magda Paradela
Fonte Dr:Líster de Macedo Leandro

7 comentários:

  1. Dra. Magda boa noite, fiz hoje a usg trans. e apareceu corpo lúteo medindo 2,6 cm, será que estou com algum problema grave? Um grande beijo e que Deus abençõe vc e toda sua família. Vou dar uma sugestão: pq a sra. não faz uma matéria sobre este assunto, sendo o mais simples possível, até pra que outras pessoas tirem essa dúvida. Um grande abraço e que Deus ilumine o seu dia e o de seus familiares!

    ResponderExcluir
  2. Milena fique calma,pois o corpo lúteo é um óvulo que ñ foi fecundadl e vc vai menstruar em breve.bjs.i

    ResponderExcluir
  3. Obrigada Dra. estava pensando que estava grávida, tomei um susto, fiquei toda me tremendo kkkkkkk!!!

    ResponderExcluir
  4. Bom Dia Drª Magda , minha filha de 14 anos desde o ano passado anda apresentando crises de enxaqueca , geralmente ela tinha uma por mês com duração de 4 a 6 horas , com vômito , tendo que ficar de repouso no escuro , em janeiro de 2013 ela apresentou mais de uma crise no mês , e coincide sempre com o periodo pré - menstrual , ela tem uma menstruação desregulada . Fui em neuro e por último resolvi procurar uma ginecologista , ela indicou um tratamento com Yas por 3 meses , e que continuasse tomando Pamerlor a noite , só que a menstruaçao não desceu e as crises continuam uma por semana , estamos no aguardo para começar a tomar o Yas . Poderia me dar uma opinião . Obrigada

    ResponderExcluir
  5. Boa Noite Dr. MAGDA devido as varias dores e lutas com minha enxaqueca vim pesquisar a internet ameio de achar uma solução, já não aguento mas.
    sou casada há 5 anos e por enquanto não planejei ter filhos e desses desde que casei sofri com vários anticoncepcionais orais até parar no (belara)mas as dores entre uns dois dias antes persistem...
    já passei em médicos mas não me deram muito a fazer, a não ser mudar hábitos alimentares fazer acupuntura...etc
    o que realmente preciso fazer?

    ResponderExcluir
  6. Dra. sofro todos os meses com enxaquecas pré e pós menstruais terríveis, com enjoos e uma dor insuportável, tomo dolamin para amenizar, contudo nesse último mês, mesmo tomando dois comprimidos juntos a dor não some, diminui, mas permanece, geralmente um a dois dias antes e imediatamente depois da menstruação. Isso começou a ocorrer após um episódio de enxaqueca crítico que tive, com início de paralisação do lado esquerdo do meu corpo, não sei se foi considerado um derrame, ainda não voltei ao neuro, será que desenvolvi a tal síndrome pré menstrual?

    ResponderExcluir